História

Originário da antiga Santa Casa de Misericórdia, o Centro Hospitalar Municipal de Santo André (CHMSA) é um dos mais importantes da cidade e o mais antigo equipamento hospitalar de toda a região do ABC, fundado em 1912. A família Cardoso Franco, muito influente na época, pretendendo manter sua hegemonia diante do clã Fláquer, outra família bem conceituada na cidade, decidiu constituir a irmandade que ficou incumbida de fundar a Santa Casa de Misericórdia, inspirada nos modelos vindos de Portugal. Gerido atualmente pela administração direta da Secretaria de Saúde do município, é um hospital geral voltado para o atendimento exclusivo ao SUS (Sistema Único de Saúde).

Cronologia

1911

  • É lançada a pedra fundamental da obra, no dia 14 de maio.

1912

  • O hospital é inaugurado, em 08 de abril, aniversário da cidade, como Santa Casa de Misericórdia de Santo André.

1952

  • A Santa Casa é municipalizada e ganha o nome Hospital Municipal.

Década de 70

  • Torna-se hospital de ensino, recebendo as primeiras turmas da Faculdade de Medicina do ABC (FMABC).

1999

  • Vem a nova denominação: Centro Hospitalar Municipal.

2015

  • Tem início o serviço de Hospital Dia para cirurgias de baixa complexidade.

2016

  • Inaugurado o Ambulatório de Especialidades do complexo;
  • Pronto-Socorro é reformado e ampliado.

2017

  • Ao completar 105 anos, ganha nova denominação, passando a chamar Centro Hospitalar Municipal de Santo André “Dr. Newton da Costa Brandão”, em homenagem ao ex-prefeito, que morreu em 2010;
  • Hospital Dia é reaberto após dois anos fechado, permitindo ao paciente a realização de procedimentos e internação rápida.

2018

  • Centro de Diagnósticos é entregue modernizado e com novos equipamentos, ampliando serviços e a realização de exames de imagem e laboratoriais;
  • Ambulatório ganha nova denominação: Centro Médico de Especialidades;
  • Novo Centro Administrativo é entregue no CHMSA, passando a abrigar setores como NIR (Núcleo Interno de Regulação); SAME (Serviço de Arquivamento Médico e Estatística), TI (Tecnologia da Informação), NES (Núcleo de Educação em Saúde), NECIH (Núcleo de Epidemiologia e Controle de Infecção Hospitalar), Gerência de Enfermagem e Comunicação, além de Diretoria, Financeiro, Recursos Humanos, entre outros. Novo prédio representa agilidade nos serviços e economia com aluguel, uma vez que os funcionários vinham trabalhando numa casa fora do hospital.

2019

  • CHMSA é o único hospital do ABC a aderir à segunda fase do projeto Paciente Seguro, do Ministério da Saúde, iniciativa baseada na ciência de melhoria e em metas internacionais de segurança dos pacientes em serviços de saúde estabelecidas pela OMS (Organização Mundial da Saúde);
  • Farmácia Satélite começa a funcionar no CHMSA. Novo espaço dá suporte à farmácia já existente no complexo hospitalar e otimiza fluxos no Centro Cirúrgico, beneficiando ainda os atendimentos na UTI Adulto;
  • Centro Cirúrgico recebe importantes melhorias: salas cirúrgicas ganham novo piso e adequação dos aparelhos de ar-condicionado;
  • Nova ala de Psiquiatria é entregue no CHMSA. Espaço foi totalmente reformado dentro dos padrões do programa QualiSaúde para proporcionar uma permanência mais agradável ao usuário do serviço, também com ampliação de leitos;
  • Pediatria do CHMSA oficializa, de acordo com critérios e cuidados específicos, atividades de Pet Terapia. Estudos clínicos apontam que interação entre cães e pacientes contribui para a recuperação das crianças em tratamento hospitalar;
  • Auditório do hospital é reaberto após intervenções que resultaram em série de melhorias. O local recebeu novo piso, mobiliário e poltronas, ampliando a capacidade de público, além de equipamentos de áudio e vídeo para capacitações, aulas e eventos;
  • Santo André lança, por meio da Secretaria de Saúde, a Linha de Cuidado com a Pessoa com Sobrepeso e Obesidade e anuncia a retomada das cirurgias bariátricas no Centro Hospitalar Municipal, após três anos de suspensão dos procedimentos. Núcleo de Obesidade começa a funcionar no Centro Médico de Especialidades anexo ao hospital.

2020

  • Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE-SP) divulga que o CHMSA é o equipamento de saúde municipal que mais realiza procedimentos em todo o Estado. Somente no primeiro semestre de 2019, foram mais 1 milhão de procedimentos, entre cirurgias, internações, consultas e exames especializados;
  • Nova UTI (Unidade de Terapia Intensiva) é aberta no térreo com dez leitos e moderna infraestrutura. Com a ampliação, hospital passou a contar com 92 leitos de UTI, sendo 52 para tratamento de pacientes com Covid-19;
  • Pronto-Socorro é ampliado e revitalizado. Intervenções garantiram aumento de cinco para dez consultórios, além de novas alas de internação, salas de gesso, sutura, procedimentos e isolamento. Também foram entregues uma nova área de emergência e recepção com sala de espera.