Parque Natural Municipal do Pedroso

O Parque do Pedroso é a maior reserva natural do Grande ABC com paisagem predominante de Mata Atlântica, integrando-se à Bacia Hidrográfica da Billings e protegida pela “Lei de Proteção aos Mananciais”, onde há preservação permanente das nascentes, rios e matas. 6% (10,2 milhões de litros de água) vêm do Sistema Pedroso, que faz a captação da água na represa do Parque Pedroso e o tratamento na Estação de Tratamento de Água do Guarará, no município de Santo André.

A vegetação é composta predominantemente por matas secundárias (floresta tropical úmida de altitude). Apresenta fragmentos conservados principalmente nas vertentes da Serra do Mar, no Parque do Pedroso e nas nascentes dos rios Grande e Pequeno. A vegetação se mostra alterada em outros setores, como por exemplo, na área que foi afetada pela poluição de Cubatão junto à Vila Paranapiacaba (Vale do Rio Mogi) e nas áreas ocupadas por loteamentos como no Parque Represa Billings, Parque Miami ou Jardim Riviera (Diagnóstico do Uso e Ocupação do Solo de Santo André, 1998, PSA).

No conjunto de parques públicos da Região Metropolitana de São Paulo, o Pedroso se destaca pelo porte  e pelo seu caráter de Unidade de Conservação integrante da Reserva da Biosfera e também da Área de Proteção e Recuperação de Mananciais da bacia Hidrográfica Billings-Tamanduateí.

Conexão com o Parque Estadual da Serra do Mar – Maior espaço protegido de Santo André, ele é formado por maciço vegetal contínuo de Mata Atlântica que forma uma barreira entre a área urbana e o espelho d’água da represa Billings, fazendo divisa com os municípios de São Bernardo do Campo a sudoeste e Mauá a nordeste, com a área urbanizada de Santo André, ao norte e com o bairro Parque Miami, ao sul. Tem relevante importância para a conservação da Mata Atlântica, pois faz a conexão com o Parque Estadual da Serra do Mar.

Água – Ele também apresenta uma rede hídrica importante. A microbacia do córrego Pedroso fica totalmente dentro do parque, com 33 nascentes e 15 lagos. No local é feita a captação para o tratamento e distribuição de suas águas para 6% da população de Santo André, o que representa quantidade na ordem de 6,8 milhões de litros d’água por dia.

História – A área pertenceu à família Pedroso. Explorada para a produção de carvão vegetal, foi fragmentada em vários proprietários e, desde antes da década 40 do século passado, é utilizada para a captação e abastecimento de água.

No início da década de 1970, a área foi aberta ao público, quando para lá foi transferida a Capela de Santa Cruz, construída pelos antigos lenhadores da região. Em 1979, houve mudança na denominação do local, que passou a chamar-se Parque Regional e Jardim Botânico do Pedroso. Na época foram construídos quiosques com churrasqueiras, quadras esportivas e instalados equipamentos para recreação infantil e sanitários.

Importante: em caso de algumas atividades específicas, é necessário autorização prévia por se tratar de Unidade de Conservação.

Estrada do Pedroso, 3000 – Parque Miami

Horário de Funcionamento:
Todos os dias, das 7h às 17h.

Entrada: Gratuita | Info: (11) 4433-9065

E-mail: egpp@semasa.sp.gov.br

EnglishPortugueseSpanish