Escola Municipal de Educação Ambiental Parque Tangará – Parque Escola

O projeto Parque Escola teve início em 1997, focado em oferecer educação inclusiva enfatizando o meio ambiente como um dos principais recursos do processo de construção do conhecimento.

Em 2016, a Lei municipal nº 9.899 cria a Escola Municipal de Educação Ambiental Parque Tangará – Parque Escola, reforçando a vocação de laboratório pedagógico, que desenvolve e dissemina conhecimentos e práticas de educação ambiental para a sustentabilidade.

O objetivo da EMEA é sensibilizar as crianças, professores, diretores e funcionários da rede municipal para as questões ambientais e de ciências naturais, estimulando a participação dos conselhos de escola, dos pais e da comunidade, a partir de oportunidades reais na construção e ampliação do conhecimento, através do estudo do meio.

Ações de educação não-formal estão previstas no Programa Nacional de Educação Ambiental ProNEA. A Política Nacional de Educação Ambiental, estabelecida pela lei n o 9.795/1999, define em seu art. 2º, que “A educação ambiental é um componente essencial e permanente da educação nacional, devendo estar presente, de forma articulada, em todos os níveis e modalidades do processo educativo, em caráter formal e não-formal”.

Desta forma, o programa pedagógico da EMEA Parque Tangará/Parque Escola, realizado pela Secretaria de Educação do Município de Santo André, em parceria com o Instituto IPRODESC, fornece à rede de ensino do município a oportunidade de enriquecimento do processo de ensino-aprendizagem dos alunos, em ações de educação não-formal, mediante a oferta de roteiros pedagógicos relacionados ao meio ambiente e sustentabilidade, nos quais todo o conteúdo apresentado está estruturado na Base Nacional Comum Curricular (BNCC).

São cerca de 50 mil m² de parque, que oferecem recursos pedagógicos para estimular e despertar a curiosidade sobre a temática ambiental, a botânica, a arte e o reaproveitamento de materiais, bem como a valorização do convívio social e as práticas educacionais.

A Escola Municipal de Educação Ambiental – EMEA realiza o atendimento exclusivamente para alunos da Rede Municipal de Educação de Santo André/SP, de segunda à sexta-feira, em aulas sobre conteúdos relacionados à Ciência da Natureza, em especial: a Biologia e a relação Homem-Natureza. Para agendamento de grupos escolares da rede municipal de Santo André clique aqui.

A EMEA oferece cursos regulares, na forma de oficinas, palestras e exposições em sua agenda mensal, com programação especial em meses de recesso escolar (janeiro e julho), visando a popularização do conhecimento junto à comunidade. Além disso, dispõe de espaços para espetáculos teatrais, auditório, academia ao ar livre, quadra e espaço arborizado para caminhada.

A programação para a comunidade é realizada pela Secretaria de Educação em parceria com a Secretaria do Meio Ambiente, Secretaria de Saúde e Secretaria de Esportes da Prefeitura Municipal de Santo André. Saiba mais sobre a programação livre mensal clicando aqui.

PROPÓSITO

O propósito da EMEA é difundir a educação socioambiental, visando contribuir para o processo de ensino da Rede Municipal de Educação de Santo André, de forma criativa, crítica e autônoma, estimulando reflexões e ações sobre a preservação do meio ambiente e a atuação do homem na natureza.

Conheça nossos espaços pedagógicos

AVES-DO-PARQUE-ESCOLA-3

Aves do Parque Escola

Aves e borboletas são considerados importantes bioindicadores pois respondem à urbanização de modo semelhante e, consequentemente, estão sendo amplamente utilizados no desenvolvimento de planos de conservação.
Bicho pau

Sala do Bicho-Pau

Temos um espaço que trata especialmente desses insetos e suas características, incluindo um viveiro de adultos e um berçário da espécie brasileira Cladomorphus phyllinum e um viveiro com adulto da espécie australiana Extatosoma tiaratum.

BROMELIÁRIO-1

Bromeliário

É um espaço de educação ambiental para as escolas municipais de Santo André e para a comunidade escolar, que garante o contato com essas plantas que muitas vezes são invisíveis aos olhos das pessoas, apesar da sua enorme importância.

Mandacaru

Cactário

É um local composto por diversas espécies de cactos e plantas suculentas, de variadas formas, cores, aspectos e variados tamanhos. Existem cerca de 22 mil espécies de suculentas, sendo aproximadamente 2 mil espécies de cactos.

A composteira é um local para jogar os resíduos orgânicos provenientes de serviços domésticos, transformando-os em adubo (húmus) para futuramente usar em plantas ou até mesmo em uma horta. 
ESTUFA-DE-MUDAS2

Estufa de Mudas

São cerca de mil mudas na estufa-viveiro, incluindo espécies nativas do Brasil e de grande importância para preservação, como palmeira juçara, araçá vermelho, cedro rosa e ipê branco. 

Horta Orgânica e Pomar

Um espaço de cultivo de hortaliças, temperos, raízes e grãos denominado horta orgânica e um pomar, onde são cultivadas diversas árvores frutíferas. A horta orgânica é o tratamento dos alimentos de maneira ecologicamente correta, ou seja, sem a utilização de agrotóxicos. 

Horto Medicinal

O Horto Medicinal da conta com diversas espécies de plantas medicinais, as quais também podem ser condimentares e/ou aromáticas.

Lavanderia Ecológica

Há também a possibilidade de reutilizar a água da lavagem, na própria lavanderia: a água do segundo enxágue, geralmente contendo apenas amaciantes, pode ser utilizada novamente no primeiro enxágue da próxima lavagem.

Riachos e Brejos

Todo riacho é um ecossistema complexo e cheio de vida animal e vegetal, fazendo parte de ecossistemas maiores que dependem deles para fornecimento de água. A conservação dos riachos é de grande importância para o meio ambiente e também para o ser humano.
DIONEIA-01

Plantas Carnívoras

No espaço há quatro tanques incluindo seis espécies diferentes de plantas carnívoras, cultivadas exclusivamente para o uso nas aulas temáticas.
ORQUIDÁRIO-1

Orquidário

O espaço faz parte do roteiro das aulas temáticas sobre Plantas realizadas com os alunos da Rede Municipal de Santo André, além atividades esporádicas, como oficinas sobre Cultivo e Manutenção de Orquídeas, oferecidas para a comunidade escolar.

Como Chegar? | Linhas Municipais:

I 06 – Jardim Bom Pastor/Estação Utinga

Rua Anacleto Popote, 46, Bairro Valparaíso, Santo André

Horário de Funcionamento:
De 2ª a 6ª.-feira, das 6:00 às 22:00. Exceto Feriados.

Entrada: Gratuita | 
Info: (11) 3356-9050 / 3356-9055 | parqueescola@santoandre.sp.gov.br

EnglishPortugueseSpanish