City Tour Histórico – Centro

City Tour Histórico – Centro

Este roteiro auto-guiado visa valorizar o patrimônio cultural da cidade e seus cidadãos/as e baseia-se no Corredor Cultural, produto do “Projeto Centro com Vida”, promovido pela Prefeitura entre 1997 e 2000.
Nesse sentido, no intuito de evidenciar as referências culturais propõe um olhar atento à cidade, produto da relação do homem com o meio ambiente, espaço do conhecimento de culturas locais, sensibilidades, práticas, crenças e tradições. Para tanto, os bens aqui apontados estão presentes no cotidiano andreense e são testemunhas de outros tempos, compondo a memória coletiva de Santo André.

Assim, este Roteiro Cultural sugere um passeio a pé, como forma de explorar o percurso e conhecer melhor a cidade, observando suas permanências e transformações no decorrer do tempo.

Destaque

Tour Centro Cívico  – Paço Municipal

Espaço onde se localizam os três poderes do município: Executivo, Legislativo e Judiciário. O conjunto de interesse arquitetônico e urbanístico foi projetado pelo arquiteto Rino Levi com o projeto paisagístico Roberto Burle Marx.

Caminho para Vila – Rua Coronel Oliveira Lima 

A rua Coronel Oliveira Lima fazia parte do importante caminho que ligava a Estação Ferroviária à Vila de São Bernardo – atual centro de São Bernardo do Campo. Desde sua criação se caracterizou como um misto de residências, fábricas, pequenos comércios e serviços. 

Praça do Carmo – Complexo Cultural do Carmo

Primeiro local denominado como Praça em Santo André. Parte do terreno foi doado por Antonio Queirós dos Santos em 1917. Recebeu a denominação de Praça do Carmo em 03 de março de 1927, por Igreja Nossa Senhora do Carmo.

Cine Tangará

Inaugurado em setembro de 1950, de propriedade da família Magini, contava com 3100 lugares, seguindo a linha dos grandes cinemas de São Paulo no período. Foi, durante as déc. de 1950 e 1960, importante pólo cultural e de lazer da cidade.

Museu Santo André Dr. Octaviano Armando Gaiarsa

O edifício que abriga o Museu de Santo André faz parte de um conjunto de edificações escolares construídas pelo Governo do Estado de São Paulo na Primeira República (1889-1930). O projeto de José Van Humbeck com a fachada de J.B Maroni.

Cine Teatro Carlos Gomes

Fundado em 1912 por Vicente Arnaldi, foi o primeiro cinema da cidade e o 5° do país. Situava-se a princípio na Rua Cel. Oliveira Lima e depois, em 1925, passou a funcionar na edificação especialmente construída para sediá-lo à Rua Senador Fláquer.

Estação Ferroviária de Santo André – Prefeito Celso Daniel 

Local histórico que representa o início da urbanização de Santo André. A estação foi inaugurada em 1867, passando por reformas na década de 1920, foi totalmente remodelada em 1979, quando se inaugurou o prédio atual. 

1º. Quarteirão 

Um dos primeiros núcleos urbanos da cidade, organizado no final do século XIX e início do século XX, defronte à antiga Estação Ferroviária. Algumas das edificações atuais substituíram as primeiras construções em taipa, demolidas em 1908. 

Sobrado Início séc. XX – “Nosso Bar” 

Construída em 1914 era de Antonio Queirós dos Santos,  proprietário de terras na cidade e região. Neste prédio funcionou a casa de Secos e Molhados de Ludovico Cimieri, a Padaria Coração de Jesus e, posteriormente o “Nosso Bar”, denominação ainda presente na memória coletiva da cidade.

Sobrado Início séc. XX – Agência Chevrolet

A edificação em dois pavimentos era a tipologia usada por famílias abastadas. O piso superior era utilizado para residência e o inferior para uso comercial. Abrigou diversas atividades, entre elas, a revendedora de automóveis Chevrolet de Francisco Brás. Rua Bernardino de Campos, nº 99 com a Rua Gel. Glicério.

Sobrado Início séc. XX – Comércio Família Jorge

Construção de características ecléticas, possivelmente início dos anos 1920, no piso superior ainda se pode observar a distribuição dos espaços de uma residência daquela época. Funcionou como loja de Armarinhos e tecidos de Pedro Jorge e sede do Câmera Clube de Santo André, ponto de encontro de fotógrafos. Av. Queirós dos Santos nº 218.

Informações:

(11)  4436-3631/4427-7297

museu@santoandre.sp.gov.br 

Rua Senador Fláquer, 470 – Centro, Santo André 

EnglishPortugueseSpanish