Atrativos

Museu Castelo

Construída em 1897 para ser a residência do engenheiro-chefe da ferrovia, que gerenciava a partir dali o tráfego de trens na subida e descida da Serra do Mar, o pátio de manobras, as oficinas e os funcionários residentes na Vila Velha e Vila Martim Smith.

Rua Caminho do Mens s/nº.
Entrada R$ 3,00.

 

Clube União Lyra Serrano

Da união entre a Sociedade Recreativa Lyra da Serra (cultural) e do Serrano Football Club (esportivo) nasceu o Clube União Lyra Serrano, por volta de 1938.
Rua Antonio Olyntho s/nº.
Entrada franca.

 

Antigo Mercado

Construído em 1899 para abrigar um empório de secos e molhados, chegou a ser usado como uma lanchonete. Depois de muito tempo fechado, hoje recebe atividades multiculturais da vila.

Rua Manoel Ferraz de Campos Salles s/nº.
Entrada franca.

 

Exposição: Casa da Família Ferroviária / Casa Fox

É constituída por duas casas geminadas em madeira, com tijolos e telhas francesas, construída entre 1897 e 1901 e restaurada em 2004. Hoje a casa abriga a exposição “Casa da Família Ferroviária”, que através de ambientes cenográficos e fotografias antigas, transporta o visitante para a década de 30, o auge da vila inglesa.

Av. Fox, s/nº.
Entrada R$ 3,00.

 

Casa de Arquitetura (CDARQ)

O CDARQ funciona em um conjunto de quatro residências geminadas e abriga uma exposição permanente sobre a formação urbana da Vila, seu patrimônio arquitetônico e a tecnologia construtiva em madeira.

Rua Manoel Ferraz de Campos Salles s/nº.
Entrada franca.

 

Forjaria

Parte integrante do galpão de manutenção, a oficina da forja era o local onde eram feitas peças e ferramentas para a ferrovia. O forjador era considerado um verdadeiro artista pela delicadeza e primor na execução de suas peças.

Rua da Estação, s/nº.
Entrada franca.

 

Torre do Relógio

A torre foi erguida em meados de 1898 e tem como principal característica o grande relógio inglês da marca Johnny Walker. Suas badaladas regulavam os horários dos trens e a entrada e saída dos funcionários da ferrovia. Trata-se do único monumento que restou após o incêndio da antiga estação de trem, em 1981.

Pátio ferroviário, s/nº

Igreja Bom Jesus de Paranapiacaba

A Igreja do Senhor Bom Jesus de Paranapiacaba é ponto de referência na paisagem da Parte Alta. Sua pedra fundamental foi lançada em fevereiro de 1884 e em 2019, por meio de uma parceria entre a comunidade, a cúria diocesana e a Prefeitura, a igreja foi reformada.

Largo da Igreja s/nº

 

Museu Funicular

Local onde originalmente funcionavam as máquinas fixas do quinto patamar da segunda linha que tracionavam os trens no percurso íngreme do trajeto, agora abriga vagões, máquinas, objetos utilizados para manutenção de trens, e tenta contar um pouco da história da ferrovia na região.
A chamada “Serra Velha” inaugurada em 1867, foi o primeiro sistema funicular empregado para transpor a Serra do Mar.
O sistema funicular é composto por cinco patamares distribuídos pela Serra do Mar, sendo o 1º em Piaçaguera e o último na parada Alto da Serra, ou seja, Paranapiacaba.
Neste museu você verá como funcionava o sistema de tração, as máquinas, Maria-Fumaça e outras peças ferroviárias.

 

Parque Natural Municipal Nascentes de Paranapiacaba

A área verde de Mata Atlântica do entorno da Vila de Paranapiacaba tornou-se um Parque Natural, Unidade de Conservação de proteção integral. As trilhas dos Gravatas, das Hortênsias, Pontinha, Mirante e Comunidade podem ser conhecidas com acompanhamento de monitor ambiental credenciado pela Prefeitura de Santo André.

 

CV – Centro de Visitantes

Local onde o visitante pode encontrar mais informações sobre o Parque Natural Municipal Nascentes de Paranapiacaba, conta com uma sala de exposição permanente, maquete, banners e demais materiais didáticos com dados do Parque.

Endereço: Rua Direita, 343.
Entrada franca.

 

Roteiros especiais

Cine Paranapiacaba

Mostra de vídeos e documentários sobre a Vila de Paranapiacaba, Parque Nascentes de Paranapiacaba e Unidades de Conservação. Das 9 às 16h.
Endereço:Rua Direita, nº371.
Entrada franca.

City Tour Histórico

Conheça a Vila de Paranapiacaba com monitores credenciados. Saídas das 10 às 14h do Centro de Visitantes.
Endereço: Rua Direita, nº371.
Valor R$20,00.

Núcleo Olho d’Água
Visite o sistema de abastecimento de água da vila projetado pelos ingleses. Das 10 às 15h.

Endereço: Rua Vereador João Dias Carrasqueira, s/nº
Entrada R$10,00.

 


 

 *Os horários de funcionamento dos pontos turísticos durante o Festival de Inverno serão das 10:00 às 18:00.